segunda-feira, janeiro 18, 2010

Crónicas de uma Gastroenterite

Diz que desde as 22h do dia anterior padeço de Gastroenterite. Provavelmente adquiri a coisa através dos meus pais que também andaram a padecer nos últimos dias.
É incrível como é que uma tripa de cerca de 6-8 m consegue armazenar tanto esterco...
Diz, quem assistiu, que foi um bonito espéctaculo de multi-cores e muito movimento...quase tão bonito como o fogo-de-artifício da Expo 98 ou a passagem de ano na Madeira. Eu cá sou mais humilde e acho que apenas foi quase tão bom como fogo do Sr. de Matosinhos...o preso (não o de artifício), que é uma coisa que eu nunca vi mas que dizem que é muito bonito.

Um gajo sai da cama às 12:00 depois de o espectáculo só ter dado tréguas por volta das 6:00, com umas dores que parece que levamos com um camião TIR de frente...mas o camião é que ficou com mossa, eu quase na mesma.
E perante este cenário o que é que um gajo pensa?
"Epah, o que eu agora precisava mesmo era de saúde..."
E voilá...




Nada como uma boa esfregadela com gel de banho de saúde para ficarmos como novos!
Parece que ainda não começou a fazer efeito...dá-lhe tempo rapaz.