terça-feira, setembro 15, 2009

15 dias em Viana do Castelo

Obrigado:

- à Gi e ao André pela hospitalidade;
- à malta de Perre pelas suecadas de 5, pelas minis, pelas patuscadas e pelo forrobodó;
- ao tasco de Perre;
- à malta de Viana que me levou a jantar fora e aos copos no tasco do Sport Clube Vianense;
- à malta do piso 8 do serviço de Medicina do Hospital de Viana do Castelo;
- ao Dr. Manuel Ferreira pela paciência e disponibilidade em receber um rookie da Medicina;
- ao sr. de 93 anos do internamento em quem pratiquei as gasimetrias, sempre disponível e rijo para aguentar com minha maçariquice;
- ao sr. que teve os tomates para me deixar fazer uma paracentese;
- à família Viana pelas grandes jantaradas, almoçaradas e galhofadas bem regadas;
- aos padrinhos do André que me recebram em S. Mamede com um belo sarrabulho, vinho verde branco adamado que escorregava que era uma maravilha;
- ao Sr. Fernando que me ofereceu água-ardente com mel e café e me disse: "Quem vem a S. Mamede pela primeira vez nunca se esquece!"
- ao hidromel da romaria de S. Mamede que...cenas;
- aos cantares ao desafio da romaria de S. Mamede;
- ao cão da romaria de S. Mamede que me pegou pulgas;
- à Pimenta pelo cafezinho;
- à praia da Mariana que deu o solinho que este lombo precisava;
- aos bikinis da praia da Mariana que muito me cansaram a vistinha;
- à prova de BTT de 20km em favor da AMA (Associação dos Amigos do Autismo) que me pôs este belo rabo feito num 8;
- ao monte de Sta. Luzia pelos fins de tarde impecáveis na imensidão daquelas vistas;
- aos motociclos Solex que muito dominaram as nossas conversas;
- aos pães de leite da confeitaria da Meadela;
- às bolas de berlim do Natário;
- por último, a Viana do Castelo.

E para resumir a pedalada desses dias...foi assim: