sexta-feira, novembro 14, 2008

Tarde...

Acho que já não é a primeira vez que falo do Outono. Continuo a achar que ele tem qualquer coisa de diferente. Gosto da dicotomia que ele é: os dias começam a ficar frios mas ele insiste em aquecer-nos com as cores...amarelo, laranja, vermelho: a face fica fria mas os olhos quentes. Gosto de sentir este frio...gosto do frio, talvez por me fazer sentir que sou quente por dentro.
Gosto especialmente dos fins de tarde...gosto especialmente do pôr-do-sol de Outono. É um pôr-do-sol tímido...mas quase sempre vermelho e que se esforça até ao último raio para dar a tonalidade quente à terra, aos olhos. Sabe bem...

E o silêncio? Salienta o estalar das folhas secas no chão...sabe tão bem!

Hoje o fim de tarde foi assim...já sentia falta de dar uma volta com o Outono. Eu de bicicleta e ele em todo lado.

E isto combina bem com o Outono...

Deolinda - Clandestino