terça-feira, dezembro 30, 2008

Rábula sobre 31 de Janeiro

Ontem, peguei nas últimas páginas do Destak e fiz um telefonemazinho para o Prof. Bambo.

"Estô siiim?"
"Prof. Bambo, bom dia! Como está?"
"Estô beeem, e você?"
"Por aqui tudo óptimo! Olhe, o que me tem a dizer do dia 31 de Janeiro?"
"31 de Janeiro? Ora béem...deixe-me ver aqui a minha bola de cristal...hmm...não está a dar luz...hmm...ah, esqueci-me de ligar a ficha da electricidade...agora sim, ora béeem...a 31 de Janeiro os astros vão estar totalmente alinhados com um ligeiro ascendente de Júpiter...e portanto..."


Silêncio


"Prof. Bambo?"
"Portanto...I Predict a Riot, I Predict a Riot!"
"Oh Prof. Bambo! Com respostas desse género...Everyday I Love You Less and Less!"
"Olhe, está a insinuar alguma coisa? A consulta chega ao fim e a bola de cristal não téeem nada mais a dizéeer...portanto, vamos resolver a questão do pagamento numa Modern Way! O pagamento é uma garrafinha de Vinho do Porto!"
"Prof. Bambo, Vinho do Porto? Isso ainda é carote!"
"E para mim não pode ser uma qualquer...eu só bebo Ruby Ruby Ruby Ruby!!"
"Hmm...Na na na na naaa!!"
"Pronto...eu aceito do mais foleirinho porque Everything is Average Nowadays!"
"Prof. Bambo, se tem mesmo que ser...vidas! É o mote para me despedir!"
"Vá lá à sua vidinha...e nunca se esqueça: Never Miss a Beat!!"

A modos que é isto...
Moral da história: lá estarei...vicissitudes das loucuras natalícias financeiras!

segunda-feira, dezembro 22, 2008

Bom Natal



Que o Menino Jesus vos encha de Luz e permita à vossa família ser também um Presépio!

Natal...a febre das meias!!

Este post é para lançar a discórdia e a competição feroz entre os frequentadores deste tasco.

Tenho o prazer de anunciar que está oficialmente aberta a época do "sou-tia-e-portanto-vou-oferecer-um-par-de-meias-ao-meu-sobrinho-como-prenda-de-Natal"!

Meus amigos, ainda não estamos no dia 25 de Dezembro e o Gil já recebeu o seu primeiro par de meias! Por estes lados não se brinca, esta gente leva a época muito a sério!

Que dizem a uma competição para ver quem recebe mais pares de meias pelo Natal?

Epah, calma lá...não é preciso tanto entusiasmo!
Eis as regras: quem receber mais meias tem como prémio a oportunidade de trocar um par de meias por uma caixa de chocolates de cada um dos derrotados. Portanto, um par de meias por: ou uma caixa Ferrero-Roché, ou uma caixa de Toblerone, ou uma caixa de Chocolate Nestlé, ou uma caixa de Kinder...

Gil falta aí a caixa de Món Chéri...

Epah, podes ficar com ela...tem licor, não vou nessa!

Que vos parece? Pouco tendencioso não? Então vamos lá jogar!



Digam lá se estas que eu recebi não me ficam bem?

sexta-feira, dezembro 19, 2008

"Olhos nos Olhos"

Epah, esta semana saiu-me a sorte grande...


Situemo-nos: Terça-Feira, 16 de Dezembro, Jantar de Natal dos "compinchas da vida airada" do meu ano de curso. Que grande comezaina...grande não, diria antes ÉPICA pela enorme quantidade de géneros alimentícios a encher a mesa para refastelar esta juventude que ainda vive na ilusão de que está em fase de crescimento (eu já me deixei dessa ilusão há muito tempo...anos, diria...). Aquilo é que foi encher o bandulho! Imaginem que o prato principal foi Rancho! Que raio? Quem faz Rancho numa ceia de Natal...epah, deslocado ou não da época, estava capaz de despertar em nós um intenso orgasmo gostativo! Parabéns á cozinheira! E as entradas? E as sobremesas? Ai aquela mousse de maracujá(fruta da paixão para os amigos)...e o pão-de-ló caseiro?...E aquele bolo-esquisito-que-ninguém-sabia-o-nome-mas-que-era-dos-lados-da-Póvoa-do-Lanhoso-e-que-era-extraordinariamente-delicioso?
Éramos 18 pessoas sentadas numa mesa, gargalhadas como banda sonora, grandes doses de parvoíce (Castigadores da Parvoíce onde é que andaram naquela noite??)...resumindo, uma noite bem quente!
Já que o Rancho fugia à tradição...a troca de prendas veio equilibrar o barómetro das tradições: ainda aparecia a "ASAE dos bons costumes" e boicotava toda aquela reunião natalícia pelo facto de haver Rancho naquela mesa. Ou então obrigava-nos a mudar o nome da reunião: ao invés de Ceia Natalícia passaríamos a ter a "Noite Anual de Reunião dos Jogadores da Malha de Trás-os-Montes que é malta rija que come Rancho!" ( Mas...onde é que fui buscar isto?)
Onde é que íamos? Ah, troca de prendas...e agora sim, depois de toda esta contextualização, eis o motivo da sorte grande...saiu-me isto na rifa:





Não é um livro que está entre "aqueles grandes livros" de que todos se gabam de ter lido...mas é sem dúvida um livro com a experiência do "olho clínico" de alguém que insiste em ensinar-nos algo com a leveza do prazer e não com o peso cerimonial da ciência...e capaz de despertar a boa-da-gargalhada-solitária-contida quando vamos sozinhos no Metro ou Autocarro...a gargalhada de quem goza consigo mesmo por ligar sempre o complicómetro em algo que se quer simples. Sim, não julguém que estas histórias acontecem só aos outros...um bom livro para aprender, gozando com os outros...para perceberes que gozar contigo mesmo é uma boa forma de aprender...to keep it simple!


Gil, um post tão comprido? Pois é...entrei de "férias". (Espero que tenham percebido a conotação das aspas...)

segunda-feira, dezembro 08, 2008

Ah Rouxinóis!!



Epah, o medinho é muito...mas tenho a certeza que vamos pôr a plateia a bater o pé ao ritmo da música! Quanto a mim...mais beleza do que propriamente boa voz!

Mas, quem é que se riu??

Posto isto...Vai Coro!!

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Cai neve em Nova York...e olha que em Montalegre também!

Olha lá o Larouco branquinho!


Epah, parece postal...



Montalegre...ah que riqueza!


Continuo a achar que este lugar tem qualquer coisa...
Vá, não se roam de inveja porque eu não pude lá estar...enquanto uns andam a passear, a "chafurdar" na neve e a ficar presos durante a noite no IP4...outros ficam em casa, a dar no duro...é a viding!

domingo, novembro 30, 2008

Smelly Cats...

Pargo no Forno e Cação no Tacho...

Requintadíssimo!

Li...passaram-se 5 minutos...continuo sem saber o que dizer...

Na FNAC pus-me a ler a capa do livro "Sinto Muito" de Nuno Lobo Antunes. No prefácio, António Damásio escreveu isto:

"Há no médico o desejo de ser santo, de ser maior. Mas na sua memória transporta, como um fardo, olhares, sons, cheiros e tudo o que o lembra de ser menor e imperfeito. Este é um livro de confissões. Uma peregrinação interior em que a bailarina torce o pé, o saltador derruba a barra, o arquitecto se senta debaixo da abóbada, e no fim, ela desaba. O médico e o seu doente são um só, face dupla da mesma moeda. O médico provoca o Criador, não lhe vai na finta, evita o engodo. Mas no cais despede-se, e pede perdão por não ter sido parceiro para tal desafio."

Fiquei sem saber o que pensar durante 5 minutos...parece tão simples.
Lembrei-me de todas as vezes que entro numa enfermaria, o "Bom Dia" de mão estendida, o sentar ao lado da cama do doente e ouvir, o dizer uma piada para que a doença fique mais leve, o ouvir uma piada de quem ironicamente finta a tristeza da doença, o silêncio perante o choro e simplesmente estar ali, sem ser preciso dizer nada, o toque perante o silêncio, o sorriso perante o choro, a intimidade que se expõe, o não querer ser herói do dia mas querer fazer algo por aquele momento, o pensar clinicamente, o tentar agir humanamente, o "Obrigado!"...

E perante isto, continuo a ser tão pequeno...e tenho a certeza que da próxima vez que entrar numa enfermaria, algo mais surgirá para acrescentar aqui. Aliás, sempre que entrar numa enfermaria algo mais surgirá para acrescentar aqui.




Se alguém me quiser dar uma prenda...vinha mesmo a calhar!

quarta-feira, novembro 26, 2008

Manhãs...Madrugada...

Já vos tinha falado do frio?

Sim...daquele que faz estalar as orelhas quando se sai de casa todos os dias às 7:45...

Exactamente esse!

O quê?? Não sabe bem?

Então, experimenta combinar isso com isto...

Little Joy - Unattainable



Quentinho, não? Ahh pois é!

(O gajo das barbas? Rodrigo Amarante...Quem não se lembra de Los Hermanos? O outro mais fininho? Fabrizio Moretti...baterista dos The Strokes. A giraça? Diz que é a namorada do Rodrigo...)

Eu fui...

Mas que dias!

Numa frase...

"Mas que fim do mundo em cuecas!"

sexta-feira, novembro 14, 2008

Tarde...

Acho que já não é a primeira vez que falo do Outono. Continuo a achar que ele tem qualquer coisa de diferente. Gosto da dicotomia que ele é: os dias começam a ficar frios mas ele insiste em aquecer-nos com as cores...amarelo, laranja, vermelho: a face fica fria mas os olhos quentes. Gosto de sentir este frio...gosto do frio, talvez por me fazer sentir que sou quente por dentro.
Gosto especialmente dos fins de tarde...gosto especialmente do pôr-do-sol de Outono. É um pôr-do-sol tímido...mas quase sempre vermelho e que se esforça até ao último raio para dar a tonalidade quente à terra, aos olhos. Sabe bem...

E o silêncio? Salienta o estalar das folhas secas no chão...sabe tão bem!

Hoje o fim de tarde foi assim...já sentia falta de dar uma volta com o Outono. Eu de bicicleta e ele em todo lado.

E isto combina bem com o Outono...

Deolinda - Clandestino

domingo, outubro 26, 2008

quinta-feira, outubro 23, 2008

Dr. Nogueirouse

É certo que os Gato Fedorento foram uma "lufada de ar fesco" no humor em Portugal...só não percebo como é que se continua a desconsiderar tanto os gajos e gajas autores dessa série genial da RTP1, Os Contemporâneos...

Este está qualquer coisa...




Ainda a semana passada estive no Bloco Operatório de Ortopedia e ao olhar para aquelas mariquices da higiene...pensei em exactamente o mesmo! Não há pelinho do braço que não leve uma boa esfregadela...e depois é o:"Ai de quem toque em mim!!"

Manifesto contra telemóveis com câmara...

Parece que hoje fui filmado por uma prof. de Cirurgia a dormir numa aula teórica...

Naquela fase do sono em que já caminhava por verdes prados e a cantar: "The hills are alive with the sound of music..."...

Ouço risos muito ao longe...

Acordo!! E vejo a prof. com a câmara do telemóvel na minha direcção...

Oh, diacho! Parece que vou ter o meu momento de fama no Youtube. Aliás, se houver um casting para figurante num filme em que a cena seja tão difícil quanto dormir...acho que vou concorrer, talento não me falta!

No fim da aula, vieram dizer-me que não era o único a dormir...lá se foi o meu protagonismo!

Resta-me deixar o pedido de desculpa às meninas da minha turma que estavam a apresentar tão bem a aula!! Meninas, eu adormeci...mas estava mesmo a gostar da apresentação!...O quê?? Não se acreditam?? A sério!...Ok.

terça-feira, outubro 21, 2008

Dor de cotovelo...

Confesso que estou com uma bela dor de cotovelo por não poder ir ver Tom Barman e seus associados, hoje, no Sá da Bandeira!


É a viding!


Esta já é das antigas, mas dá cá uma pica!


dEUS - Suds and Soda (from Worst Case Scenario)


sexta-feira, outubro 17, 2008

A velhota tinha razão...

No serviço de Oftalmologia:

Prof.: "Bem, vamos então analisar a córnea desta sra. através da lâmpada de fenda com auxílio da fluorosceína! Quem quer experimentar?"

Lá fomos 5 ver a córnea da sra.

No final, a sra., uma fala-barato-bem-animada e com uma pronúncia de Chaves bem cerradinha...dirige-se a nós?

Sra.:"Então que tenho de fazer para ficar boa?"

Silêncio...nenhum dos 5 sabia responder...e a sra. cheia de razão sai-se com esta:

"Oh...estou a ber que bocês num têm jeito para isto...podem ser bons noutras coisas mas p'ros olhinhos não! Se eu fosse a bocês...ia pegar na sachola e ia labrar batatinhas e cebolinhas que foi o que eu fiz durante a bida inteira!! Era o que devendes fazer!!"


E ela deixou-me a pensar...

quarta-feira, setembro 17, 2008

O que se vai ouvindo...

Eu sou um gajo suspeito para opinar sobre isto porque "devoro" acústicos...


E este merece um...


"Sim senhor!"






terça-feira, setembro 16, 2008

Obrigado!

Hoje, o português mais medalhado em Jogos Olímpicos e torneios internacionais despediu-se da competição.

Carlos Lopes

Mais uma vez, obrigado!

segunda-feira, setembro 15, 2008

E vai mais um...

Diz que começou hoje...


Bloco de Cirurgia neste primeiro semestre.


Venha ele!


E boa sorte para todos!

sábado, setembro 13, 2008

E o último fim-de-semana de férias brinda-me com...

Febre, canalização nasal entupida, dores de garganta que até parece que se me espetam vidros na dita cuja, tosse seca que faz lembrar a presença de um cão cá em casa, falta de forças neste corpinho e para juntar à festa...uma noite em claro.


A festa começou ontem...mas hoje a coisa não está para meninos.

Último fim-de-semana de férias...cá estamos.

segunda-feira, setembro 08, 2008

Para Português ver...

Meus amigos, aqui está a prova de como foi difícil ser-se Gil depois da Expo 98.





Também eu tive uma quebra de popularidade...durante o certame (o que eu gosto desta palavra), eu era o puto do 3º Traseiras da Rua Conde Alto Mearim, Matosinhos, a quem todas as pessoas que entravam no elevador, no meio de toda aquela conversa de conveniência, diziam:

"Olha que ele tem um peidinho na cabeça como o Gil da Expo!!"

"Ai o seu filho chama-se Gil? Oh Gil, diz lá, onde está a tua Dora?"

"Ai que ele é mesmo parecido com o Gil da Expo! Só lhe falta ser azul!"

E era isto...eu era o "maior" daquele prédio!
Mas depois da Expo 98 acabar...a indiferença. Voltou o silêncio a imperar nos elevadores...e foi assim que eu deixei de ser o cerne (mais outra palavra que eu adoro) do conteúdo dos bitaites de elevador.

Duro...não?

sexta-feira, setembro 05, 2008

Talentos



Eu sempre achei que o José Alberto Reis tinha qualquer coisa de Bono Vox...

Querem provas? Vamos ver as provas...vamos lá às provas!

Aqui está...Tcharaaan!!!


Qualquer dia vemos o José Alberto Reis, num dos seus encores a cantar "Sunday Bloody Sunday"...

E o Bono Vox a fazer um cover desse grande hit da nossa música portuguesa: "Oh trust me...I'll give you the sky!! Oh trust me...I'll give you everything I have!..."

quinta-feira, setembro 04, 2008

É nisto que somos bons!


Boa Sorte!

A bola...e os gajos...e o Gil!

Eu continuo a achar que todos os gajos têm um gene para a bola...não quer dizer que sejam artistas, mas pelo menos que os faz jogar em alguma altura da vida.
As gajas também têm...mas há um certo elemento social que inibe a expressão do dito cujo.

Eu já tive o meu talento para a bola bem refinado...nos meus tempos de ensino primário e básico era o verdadeiro Cristiano Reinaldo da minha turma, aquele gajo que nas aulas de Educação Física todos desejavam ter na equipa...era sempre o primeiro a ser escolhido:

"Epah, escolhe já o Gil, metemos o gajo na ala, é só passar-lhe a bola, que ele faz o corredor todo, centra para a área e é golo!"

Meus amigos, eu já fui assim! Mas recentemente, não sei o que aconteceu...o talento abandonou-me e, no mundo masculino, deixou-me numa situação caricata.

Ontem, uma malta da pesada...

"Oh Gil, amanhã não alinhas numa bola à noite?"

Eu, já a prevêr o desastre que ia ter lugar a essa hora fatídica, orgulhoso como qualquer macho, decidi não dar a parte fraca:

"Epah, estou dentro! Vamos a isso!"

No rescaldo do jogo, tenho a dizer que aconteceram coisas naquele campo de bola!
Descobri que me tornei naquele tipo de jogador que faz maravilhas quando não toca na bola. Pura magia! Teria corrido tão melhor se eu dissesse..."Pessoal, não vou poder jogar porque tenho de ir a uma tia minha que me quer oferecer um par de peúgas brancas com raquetes de ténis bordadas por ela..." Digam lá se esta não é convincente??

Eis o que ouvi durante o jogo:

"Vá Gil...estás a ir bem, agora só falta conseguires marcar o golo!"

"Gil, faz o seguinte...vais lá para a frente e pressiona os defesas, corre atrás deles...depois, se der, passamos-te a bola!"

"Pessoal...não foi mau de todo...perdemos 6-5, mas também tínhamos o Gil na equipa!"

A modos que foi isto...e como prémio de consolação ainda trouxe umas dores aqui e ali que se distribuem por todo o corpo.

Onde pára o grande Gil, artista da bola, cobiçado por todas as equipas das aulas de Educação Física...e já agora, macho??
Fica a questão...
Estou abalado...

terça-feira, agosto 26, 2008

P.S. Guess What...




Este filme merece um:


"Catita...muito catita mesmo!"


Banda sonora a condizer...


The Pogues - Love You till the End


terça-feira, agosto 12, 2008

Olimpíadas...

Depois de uma bela tarde de praia em Viana do Castelo, de duas belas banhocas no Atlântico, de perceber que estou rodeado por "avecs francius" por estas paragens e de ter escapado a um tsunami caído dos céus (águaceiro, entenda-se) enquanto estava refastelado na areia a "laurear a pevide"...eis que decidi indignar-me, talvez para aliviar a frustração deste último ponto.

Vou indignar-me com os Jogos Olímpicos...ou melhor, com a cobertura jornalística dos Jogos Olímpicos.

Sinceramente, eu não sei o que se passa na cabeça destes jornalistas...não sei mesmo!

"Mais uma desilusão para as cores portuguêsas. O atleta fulano de tal não foi além do 9º lugar."
"Esperam-se melhores dias para a Natação. O atleta robalo do cloro não foi além do 26º lugar ficando arredado das meias-finais."
"Perspectivava-se a conquista de medalhas no Judo, mas a prestação portuguesa desiludiu e foi muito aquém do esperado."

Será que estes tipos têm a noção do que dizem nas reportagens?
Não fazem ideia da proeza que é estar nuns JO!
Não fazem ideia do que é investir 4 anos de sacrifício, jogando-se tudo em escassos minutos de competição!
Não fazem ideia do que é treinar com lesões, do que é treinar duas vezes por dia!
Não fazem ideia da pressão emocional durante a prova!
Não fazem ideia do que é ser 9º melhor do Mundo na respectiva prova. Ser 26º melhor do Mundo é igualmente incrível!
Não fazem ideia da dificuldade em evoluir em amadorismo quando competem contra atletas que têm estatuto profissional nos seus respectivos países!
Não fazem ideia do sentimento deles quando as competições lhes correm menos bem!

Catano, haja respeito!
Tenho imenso orgulho nos nossos atletas em competição!
Aos que ainda não competiram: boa sorte e coragem!
Aos que já competiram: Obrigado!

terça-feira, agosto 05, 2008

Sugestão!

Ontem, decidi fazer-me à estrada de bicicleta e ir de Matosinhos a Perafita para fazer uma bela de uma praia e durante o caminho "dei-me a pensar" em investimento ao nível das obras públicas.
Agora fala-se muito em investimento nas obras públicas, progresso and stuffs. Fala-se da necessidade de um novo aeroporto, da ligação Lisboa-Madrid em TGV, até que eu tive a brilhante ideia:
"Ideal para o desenvolvimento deste país era uma ciclovia desde a casa do Gil até Perafita!" Que vos parece? Passo a explicar: ontem quase morri três vezes durante esse trajecto e agora estou vivo e a escrever-vos não graças à minha perícia como ciclista mas sim graças à clarividência dos "shôres condutores" ao perceberem que na estrada circulava um Gil de bicicleta, que é um tipo de bicho perigoso que se atravessa muitas vezes no meio da estrada, sendo uma potencial fonte de dano aos "shôres" condutores e ao equipamento de sinalização das estradas.
Toda esta ironia para pedir aos "shôres" condutores para terem mais cuidado com os transeuntes que circulam na estrada. Eu bem sei que o meu veículo de duas rodas não é um BMW, mas, "catano pah!!!", também não me tirem a possibilidade de um dia poder vir a ter um caso me passem com quatro rodas em cima! Vamos lá ver!
By the way, talvez a ciclovia Matosinhos-Perafita, esse grande projecto de investimento nas obras públicas, perca alguma prioridade, uma vez que agora sempre que pensar em fazer-me à estrada vou lembrar-me das dores com que cheguei a casa que muito me fizeram desejar tailandesas espcialistas em "massagismo prazeroso" e da porrada de sede que esgotou a minha garrafinha de 1/2 litro que transporto comigo.





Eis a minha proposta de ciclovia, atentem na linha azul.


Na parte pacífica do caminho...

sábado, julho 26, 2008

Chandler's Joke

Numa jantarada, a conversar sobre Intercâmbios...


Mariana: " In this summer, I'll go to Praha to Dermathology..."


Theresa: "Dermathology?? I don't like it!"


Mariana: "Me neither!"


Gil: "Praha and you don't like Dermathology?? I think it'll be Dermatholidays..."


Pelo caminho de regresso, numa marginal vazia...


Kings Of Convenience - I'd Rather Dance With You


quarta-feira, julho 23, 2008

Ciao!

Hoje percebi que o meu "Hall of Fame" ficou com mais 3 lugares preenchidos...


É delicioso olhar para este ano e ver a cor que ele ganhou com esta presença...


Mario, Franci (Francesca), Giovi (Giovanna), grazie per tutti!!

domingo, julho 06, 2008

Saudades! Muitas saudades!

No outro dia, discutia-se qual o grande programa de televisão dos nossos tempos!
Eis a minha escolha!





Ainda me lembro que Portugal parava para ver isto! Verdadeiros feriados nacionais, uma vez por semana, no Verão.
E o grande Eládio Clímaco?
E as imagens a anunciar os outros países?
E o bigode inconfundível do árbitro?
E o barrete de joker como prémio?


Mas, o melhor de tudo...a musiquinha deste genérico! Entranha-se tanto pah! Genial!


Tan-tan-tan-tan-tan-tan-tan-tan-tan-tan...(isto sou eu a cantar)

Digam lá se não tenho razão?

terça-feira, julho 01, 2008

Podem bater-me...

Na voltinha matinal de bicicleta pela marginal...

Junto ao Castelo do Queijo estavam a arrumar o "estaminé" onde a malta via os jogos do Euro:
Sim senhor, que arrumadinhos...

Plim!!! Fez-se luz...e sai isto:
Nós, fomos (os) arrumados do Euro!

quarta-feira, junho 18, 2008

E esta hein?

Hoje, 0:20...

GROWWLLLING...

Bem, estou a ficar com a larica...vamos lá à melhor divisão da casa!

(Abro o frigorífico e pisco o olho a um destes)



Vou para lhe dar a típica lambidela...


Epah, corei...e, tímidamente, disse...

Obrigado...




Nota: Garanto que tentei limpar o dito cujo da melhor forma!

quinta-feira, junho 05, 2008

Esta foi muito doce...

Algures no ICBAS...

11:30
Sónia: "Bem, vou pegar a aula de Micro. Gil, quer que pegue p'ra você também?" (A Sónia é uma menina portuguesa que viveu no Brasil muitos anos)
Gil: "Oh Sónia, não te importas? Então aceito!! Obrigado!"

11:45
Ora bem...deixa cá ver quanto foi...28 cents.
Gil: "Sónia, aqui tens 30 cents, esquece os 2 cents."
Sónia:" Puxa Gil, não quero isso!! Deixa para lá!"
Gil: "Já pensaste quantas pastilhas elásticas consegues comprar com 30 cents?!! Vá, deixa-te de coisas!" Ah Gil...eternamente puto...
Sónia: "Oh Gil, deixa de ser bôbo! Depois te dou o troco."

14:00
Ui...tantas pastilhas elásticas na minha mochila...de onde é que isto veio?

segunda-feira, junho 02, 2008

Minutinho p'ro "desrotinanço"...

Malta, bem sei que o estaminé anda paradito...mas isto não anda fácil.


E como o Sol voltou, apesar das manhãs e fins de tarde estarem frios como o "camandro"...


The Beatles - Here Comes the Sun




É o que apetece "cantarolar" por estes dias!!
Ai o que eu gosto desta "cantiga" pah!!

segunda-feira, maio 19, 2008

Não sei que título dar a este post...

Na Sexta-Feira à noite, vi o filme "Music and Lyrics" com o Hugh Grant e a Drew Barrymore (já andava há algum tempo para o ver), e agora percebi que passei o fim-de-semana inteiro a "cantarolar" a música com que o filme começa.

Pop - Pop, Goes My Heart

Para além de ter percebido que andei o fim-de-semana a "cantarolar" isto, percebi que esta obra-prima destronou a Rocketman do David Fonseca como minha música do banho. Talvez prefiro pensar que agora tenho duas grandes músicas de banho!

Continuo a achar que este vídeo tem um grande substracto de genialidade!

(Dou um gelado a quem encontrar o Hugh Grant no vídeo...tarefa muito fácil!!)

Ah...já me esquecia. Aconselho-vos a ver o filme!

sábado, maio 10, 2008

Ufa...finalmente, eu e o meu pc.

Imagino que numa semana de Queima das Fitas vocês esperariam um post sobre essa mesma temática...mas vá, apatece-me contrariar.
Estávamos na Quarta-Feira e tinha decidido não ir ao Queimódromo. No momento da decisão considerei-me trengo por estar a desperdiçar mais uma noite de copos, brincadeira, reencontros e catrefadas de entusiasmo...
(Falando com os meus botões...ou então não, porque estava de t-shirt...falando com os fios de uns calções que tinha vestido...)
"Rapaz, o que vais fazer de tão espectcular que suplante uma noitada de Queima? E se fosse um filme do Woody Allen?"
Decidi-me pelo "Everyone Says I Love You". Mas que bela surpresa e que belo serão!
Fiquei deliciado com o raio do filme! Trata-se de uma comédia romântica em jeito de musical, o verdadeiro filme "pipoquinha" que nos deixa bem dispostos no final. Como comédia é delicioso e como musical é tão doce de tão simples que é. Bem sei que é lamechas, mas todos nós precisamos de uma boa dose de lamechice só para derreter um pouco a manteiga dura que insistimos ser. Quando o filme acabou, apenas uma coisa me veio á cabeça:
(Falando com os fios de uns calções que tinha vestido...)
"Aconteça o que acontecer, não há mesmo volta a dar."
Aqui fica uma das últimas cenas do filme, espero que vos aguce a curiosidade:


Agora mudando de assunto...

Ontem, mais uma noite no Bairro Ignez. O Mário, amigo italiano de que vos falei nuns posts atrás, convidou-me a um churrasco com erasmêses. Tanta gente no patio daquele oásis. Uns amigos dele vieram de Itália passar uns dias por cá. Lá estivemos à conversa num dialecto Anglo-Italiano-Português...deveras "awkward"...mas entendemo-nos bem, acho. Confesso-vos que me senti tão pequeno (eu sei que as minhas dimensões não são de um Golias) ao conversar com aquela malta...a facilidade com que conseguem dar um pouco de si de forma tão espontânea, a capacidade de serem o expoente do equilíbrio da relatividade de Einstein ao atribuirem grandes doses de humor a tudo o que lhes acontece (eu sei que a relatividade de Einstein é a do tempo, mas achei que isto ficava bem aqui), a curiosidade que conseguem nutrir pela vida de um pacato português que estava à conversa com eles, a capacidade de estarem em "minha casa"(Porto) e fazerem-me sentir como se fosse eu a estar em Itália...se fosse um chinês, fariam o mesmo. Custou ter de vir embora. Giancarlo, Andrea, Vicenzo, Chiara...eram os nomes deles. E no fim, o melhor de tudo, a efusividade com que o Mário se despediu com um abraço sincero, a gratidão do Ângelo por mais uma visita, o sorriso tipicamente italiano com que a Giovanna se despede e a doçura com que a Francesca diz "Ciao", quase como se trouxesses um rebuçado de brinde.

Durante a viagem, a digerir a boa disposição da jantarada, com o rádio ligado, talvez na Comercial (já não me lembro)...ou seria na Rádio Macau???(lá estou eu...)

Rádio Macau - Cantiga D'Amor

Apesar de passar tantas vezes na rádio, até foi uma boa companhia de viagem.

terça-feira, abril 22, 2008

Delicious...

No meio de uma época de intenso trabalho com "os fusíveis a dar o berro", não há nada melhor que consolar uma das poucas coisas que ainda pode ser consolada: o apetite.
Hoje (ontem) de manhã, half-awake half-asleep, a minha mãe veio até ao meu quarto, aproximou-se da cama:
"Gil?"
"Hmmmm..."
"Hoje tens muito pouca coisa para cozinhares."
"Hmmmm..."
"Que queres que deixe a descongelar?"
"Hmmmm..."
"E se fizeres uma sande com pão de água, queijo-fresco, alface e cenoura? É muito bom."
"Hmmmm..."
"Pronto, tem um bom dia!"

Pode parecer que a minha mãe estaria num monólogo matinal com um "camafeu" sonolento como espectador...e estava mesmo. Mas aquela sugestão ficou mesmo gravada no "caco".
Chegada a hora de almoço:
"Ora bem...pão de água...queijo fresco...alface...cenoura raspada...está pronto...
(Crunch...)
Hmmmm...mesmo assim falta aqui qualquer coisa...e um pouco de pimenta com o queijo? Ora aqui vai disto...
(Crunch...)
HMMMMMM..."

Fica a sujestão...delicious!

quinta-feira, abril 10, 2008

Parabéns a mim!

E o melhor de tudo...foram os abraços!

Sim, aquela coisa que as pessoas fazem quando abrem os braços e te envolvem: para que fiques mais perto do coração delas, para poderes sentir o calor que te querem dar!

Sim, esse calor que sabe sempre tão bem mesmo que estejam 40ºC à sombra!

E foram tantos!

A todos, muito obrigado!

sábado, março 22, 2008

Dói-me as costas...que se dane!!

O dia de hoje (21/03) foi deveras especial...
O dia de mudanças para a casa nova da minha irmã e do seu gajo. Foi um dia carregado de nostalgia: saudades do primeiro "cantinho" da minha irmã, saudades da pacatez de Barcelos...mas com o entusiasmo de quem vai iniciar, "com a pica toda", nova etapa na vida, um grande passo que ainda não digerimos mas que também não queremos digerir, como se este passo fosse uma daquelas almoçaradas com amigos, em que comemos, comemos e que ficamos enfartados o resto da tarde como sinal da rica "comezaina" que tivemos. Não interpretem mal...esta "não-digestão" é do melhor que se pode ter...não nos deixa esquecer o sabor do momento!
Nunca pensei que a miúda tivesse tanta tralha para carregar. Sempre olhei para aquela casa como algo meio despido, com o essencial para o conforto. Catano, os caixotes empilhados na sala, quase do meu tamanho (ok, eu sei que não é difícil).
Foi um dia que serviu também para quebrar mitos. Quando era puto, a minha casa tinha um móvel na sala, que durante muito tempo serviu-me de régua pediátrica: era por lá que eu via que ia crescendo ao tentar chegar à última prateleira onde a minha mãe escondia as chaves do móvel para eu não comer rebuçados. Ainda me lembro do primeiro dia em cheguei ao raio da prateleira sem auxílio da cadeira...senti-me o maior. No entanto, chegou a uma altura, muito precoce, que percebi que não mais evoluí na minha régua pediátrica..."é a viding". Lembro-me também que esse móvel era, no meu imaginário, a coisa mais pesada do mundo e custava-me a acreditar como é que o meu pai o tinha conseguido colocar lá...altura em que achava que o meu Pai era a pessoa mais forte do Mundo, até ao dia em que comecei a perceber o que era um porte realmente atlético...mas continuo a olhar para o meu Pai como a pessoa mais forte do Mundo, apesar de ele me parecer um Bruno Nogueira em ponto pequeno. E não é que hoje me senti também o Homem mais forte do Mundo? Porquê? Esse super-móvel estava em casa da minha irmã...exacto, tive de "alombar com o bicho escada abaixo". A verdade é que o bicho não é assim tão pesado...ou se calhar até é, porque estou aqui com uma "dorzinha" nas costas que só me faz desejar uma daquelas tailandesas que faz massagens nos filmes. Conhecem alguma?
Mas falando do que é realmente importante...a nova casa da minha irmã (um r/chão que parece mesmo uma casa, apesar de ser prédio) é mesmo muito bonita: boas áreas, belo terraço para uns serões de caipirinha no Verão, o Sol a bater de tarde, uma cozinha espectacular (já me vejo a fazer vídeos de culinária), num condomínio fechado...e nessa linda cidade, Viana do Castelo!
E o pão-quente na frente do condomínio? E a pizzaria com forno a lenha ao lado do pão-quente? Realmente, tudo com muito potencial!
O melhor de tudo? O ar de felicidade da minha irmã e do seu gajo.


Durante as viagens (não conseguimos levar a tralha toda de uma vez) pela estrada dos Feitos que une Barcelos a Viana do Castelo, com o Punto "à pinha" e com um bonito dia...

Feist - 1 2 3 4

quinta-feira, março 20, 2008

Há coisas que deixam saudades...demasiadas...

Cat Power - The Greatest





"Once I wanted to be the greatest
No wind of waterfall could stall me
And then came the rush of the flood
Stars of night turned deep to dust..."

segunda-feira, março 10, 2008

Luta territorial

Uns posts atrás disse-vos que a minha mãe decidiu enveredar por um novo desafio e matriculou-se nas "Novas Oportunidades" para conseguir fazer o 12ºano. Até agora...tudo bem...
Mas...não é que a mafarrica agora não me larga o computador?!! Isto chega ao cúmulo de eu só ter o computador quando a senhora tem soninho e agora há que moldar as minhas rotinas computacionais para o fim do dia.
Mas tirando esta luta territorial, é óptimo ver a minha mãe tão motivada e empenhada neste projecto...apesar de cansadita, parece que rejuvenesceu uns anos largos e tem a jovialidade de quem se sente realizada.
Dá-lhe Mãe!! Vai para cima deles!!

Vá, e eu não me importo de ficar com o "bicho computacional" nas horinhas em que te dá o soninho...

sábado, março 01, 2008

Eu respiro...

Ontem foi daqueles dias alucinantes com uma entropia desregulada...daqueles dias que tu achas que te fazem viver mas que na verdade te fazem perder a noção que respiras, tal é a cadência e intensidade das coisas que vão acontecendo.
Um dia que teve, não de tudo, mas de muita coisa:
- momentos difíceis que te fazem perceber que ainda tens de ganhar muito calo;
- gestos simples que são verdadeiras bolsas de ar em dias de sufoco;
- momentos de euforia que carregam o painel solar que há em ti e que nos fazem perceber o quão voláteis podemos ser quanto ao contraste de emoções que sentimos durante o dia.

E no fim de tudo isto, chegar ao carro sentir o "piiiiiiiiiiii" do silêncio, perceber o quão ruidoso foi o dia, ligar o rádio e embalar a viagem de regresso a casa com isto:

Katie Melua - Just Like Heaven (The Cure)

E o melhor de tudo foi desligar o carro, fechá-lo e pensar: "Epah, estou a respirar...mas que grande dia!"

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Noite no Bairro Inês

Parabéns Mário!
E agora vocês perguntam: quem é o Mario? O Mário é um estudante italiano de Erasmus do 5ºano que está a fazer a cadeira de Saúde Comunitária do 3º ano na minha turma. Se vocês quisessem colar um rótulo na testa deste "gajo" para o definir, seria: "O Maior" (é incrível a quantidade de pessoas que o conhece!). A nossa história (que coisa lamecha de se dizer) começou logo no início do 1ºsemestre com conversas difíceis de desenvolver porque o Mario fala "Erasmês" e eu também não devo falar português muito bem. Os dias foram passando, consegui desenvolver o meu "Erasmês" e agora entendemo-nos perfeitamente e para meu espanto, há uns dias atrás: "Gil, aparece no Bairro Inês na Quarta à noite, faço anos e queria que estivesses lá!!" Epah, confesso que o convite me surpreendeu e lá fui.




Bairro Inês são as casitas por baixo das árvores da Rua da Restauração.





Esta é a vista nocturna quando nos encontramos no terraço. Que tal?


Depois de subir e descer a Rua da Restauração 3 vezes lá dei com aquele cantinho paradisíaco com vista sobre o Rio Douro: o Bairro Inês é um aglomerado de casas castiças, T0 e T1, que estão apenas disponíveis para aluguer aos "Erasmenses". Agora imaginem a "rambóia" que é um aglomerado habitacional só de italianos e espanhóis! Ontem juntaram-se há festa mais alguns alemães e portugueses que também são "levados da breca" para a festa, onde estava lá eu. O receio era grande, principalmente por achar que não ia conhecer ninguém e não é que para meu espanto encontro 3 "compinchas" do meu ano?? A Fátima, a João e uma outra "rapariga que agora não me lembro o nome mas que é igualmente porreira" (decidi dar-lhe este nome, não me lembro mesmo do verdadeiro...). E foi uma óptima surpresa: a Fátima é uma "party animal", sinónimo de "galhofa" e boa-disposição, e faz parte do meu círculo de relações comuns; a João e a "rapariga que agora não me lembro o nome mas que é igualmente porreira" são daquele tipo de pessoas por quem nutres simpatia, cumprimentas, mas com quem nunca conversaste mais de 5min e ontem foi o pretexto para quebrar esta barreira dos 5min.
Enfim, uma noite muito simpática, com muita sangria, muita malta, num sítio onde o Porto e o Rio Douro pintam um quadro singular.

Pelo caminho de volta:




Sia - Day too Soon (Sia é a ex-vocalista dos Zero7)

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Lá em cima não se brinca!!

Para vocês verem como a malta de Montalegre é rija!!





Tó, obrigado pelo achado!

Dia Mundial do Doente

Porque foi ontem e porque cada vez mais me diz respeito.

sexta-feira, fevereiro 08, 2008

Pedalar...

Quando me vi em cima da minha nova menina...a minha bicicleta, atenção...epah, estou mesmo de férias!! De Matosinhos até à Ponte da Arrábida, uma tarde impecável, mar sereno, pôr-do-sol quente e vermelho, melhor era impossível. É nestes momentos que percebo que se um dia tiver de sair do Porto vai mesmo custar. Para além de muitas outras coisas deveras importantes, as saudades desta marginal vão mesmo apertar!
Só estou um "pouco" dorido...se houver alguém (meninas) que perceba alguma coisa de "fisioterapeutismo", de "massagismo" ou até mesmo da bela ciências das "festinhas nas pernas", por favor, entre em contacto comigo...estou mesmo a padecer.

Pelo caminho...

Travis - Writing To Reach You


"Because my inside is outside
My right side's on the left side
'Cos I'm writing to reach you
But I might never reach you
Only want to teach you about you
But that's not you
Do you know it's true
And that won't do"

quarta-feira, janeiro 30, 2008

Mail prevaricador...

Mas que é isto?
Então o meu mail anda a reenviar automaticamente mails que vou recebendo para a minha lista toda de mails?!!
Às pessoas que me costumam mandar mails de conteúdos...vocês percebem...parem por uns tempos, enquanto eu não resolver isto.
Catano!

terça-feira, janeiro 29, 2008

Estou sim? É do Condomínio?

MTSAGI: "Estou sim? MTSAGI, empresa de condomínios, bom dia! Em que posso ajudá-lo?"

Gil:"Ó faxabor, é mandar alguém arranjar o exaustor do prédio! Sabe que eu moro no último andar do prédio e chega a esta hora, parece que a malta decide cozinhar toda ao mesmo tempo, que é uma coisa que eu não percebo, e em minha casa fica um pivete que não se pode. Imagine o pivete que é: o bacalhau com cebolada do vizinho do 1º esquerdo, mais a cabidela da vizinha do 2ºesquerdo, com o peixe cozido da vizinha do 3º esquerdo, mais as pataniscas da vizinha do 4º esquerdo, todos estes vapores misturados no 5º esquerdo que é o meu andar. E depois este cheiro a chamuça entranha-se nas roupas e se calha dos amaricanos deslargarem a bomba que mata muçulmanos pelo cheiro a caril estou fff...lixado. Pode mandar vir o técnico? Pronto, obrigado!"

Fresh as a Daisy...



Tell me...Who are you?

sexta-feira, janeiro 25, 2008

I've sinned

Certo dia, um médico parolo proibiu-me de comer cereais alegando que eu era alérgico. O gajo tinha razão...mas na verdade privou-me de um dos grandes prazeres da minha vida. Já lá vão 3 anos sem tocar em cereais.

Até que chegou o dia de hoje...

À hora do lanche, na divisão mais valiosa da minha casa, a dispensa, olho para a caixa dos cereais foleiros e baratos da minha irmã da marca "qualquer coisa fitness" e zás...preparo uma tijela de leite com cacao em pó de fazer bolos (não há chocolate em pó para o leite cá em casa), cheia de cereais! Não resisti à tentação...

Eram os piores cereais que já comi...o cacao é uma coisa boa só mesmo nos bolos...mas soube quase tão bem como a combinação leite+chocapic+estrelitas ou até mesmo leite+chocapic+cheerios!

Hoje pequei...

terça-feira, janeiro 22, 2008

Idílico!!

Ok, ok...não fiquem com tanta inveja porque eu não estava lá. Mas são imagens captadas pelo casal Brás num dos seus fins-de-semana por terras transmontanas, há duas semanas atrás.
Para quem já conhece é um ponto de vista diferente. Para quem não conhece, não há melhor cartão de visita!
Podem confiar que não é algodão doce, não é esferovite...é mesmo neve, quilos e quilos de neve...daquela neve fofinha que só dá vontade de pegar num trenó e fazer o chamado "sku"!!










Parece uma cena de filme!

Companheiro no Metro...

Por estes dias, minutos para "desrotinar" é coisa que não abunda...
E os minutos que passo no metro, nas viagens para o Porto e no regresso a Matosinhos, tornaram-se minutos preciosos para esse efeito!






Efeito deste livro: entro na estação Sr. de Matosinhos...
"Catano, já estou na Trindade?!"


Oh Gabriel, obrigado pah!

segunda-feira, janeiro 21, 2008

Nervosismo...

Catano...
Hoje às 9:00 da manhã...vai doer...
Vai Gil!!!

quinta-feira, janeiro 17, 2008

(Escapadela...)

Sem tempo para posts em condições...


Daquelas coisas que animam por estes dias...




Shout Out Louds - Tonight I Have to Leave It


Estes gajos quase que me fizeram decidir deixar a UZO e voltar para a Optimus!

domingo, janeiro 13, 2008

(Bocejo...)

8:00...


No melhor lugar para se estar a essa hora...


Uma ventania desgraçada lá fora com o vento a assobiar, as telhas do prédio numa percussão matinal que substituem qualquer despertador...


Gil: "Epah, que manhã boa para ficar no chôco...Catano, toca a levantar, muito trabalho pela frente!!"


...


"Ui que frio!!"

quinta-feira, janeiro 03, 2008

(Suspiro...)

Estou cansado...
Desculpem só dizer isto...
Mas estou mesmo cansado...arre!