domingo, março 26, 2006

Momento inesquecível...

"Sob o brilho acizentado de um dia frio de Inverno, reparei que o seu lábio inferior tremia. Com o meu acontecia o mesmo, e percebi subitamente que o meu coração estava a acelerar. Olhei-a nos olhos, sorrindo com toda a emoção que conseguia reunir, sabendo que não conseguia manter as palavras dentro de mim por mais tempo.
- Amo-te Jamie - disse-lhe - És a melhor coisa que já me aconteceu.
Era a primeira vez que dizia aquelas palavras a alguém.Quando imaginava pronunciá-las pensava sempre que iria ser difícil, mas não foi. Nunca antes tivera tanta certeza de qualquer coisa.
Mal disse aquelas palavras, porém, Jamie baixou a cabeça e começou a chorar, encostando o seu corpo ao meu. Envolvi-a nos meus braços, perguntando-me o que se passava. Ela estava magra e percebi, pela primeira vez, que os meus braços a envolviam completamente. Tinha emagrecido, mesmo na última semana e meia, e lembrei-me que mal tocara na sua comida naquele dia. Continuou a chorar encostada ao meu peito durante o que me pareceu muito tempo. Não sabia bem o que pensar, ou até se ela sentia o mesmo que eu. Ainda assim, não lamentei as minhas palavras. A verdade é sempre a verdade e tinha acabado de lhe prometer que nunca mais lhe mentiria.
- Por favor, não digas isso - disse-me ela. - Por favor...
- Mas é verdade - contrapus, pensando que ela não acreditara em mim.
Começou a chorar ainda mais. - Desculpa - sussurrou-me entre soluços rasgados. - Peço imensa desculpa...
Senti a garganta secar de repente.
- Porque é que pedes desculpa? - perguntei, subitamente ansioso por perceber o que estava a incomodá-la. - É por causa dos meus amigos e do que eles vão dizer? Já não me importo com isso, a sério que não. - Apegava-me a qualquer coisa, confuso e com medo.
Passou-se outro longo momento até ela deixar de chorar. Por fim, ergueu os olhos para mim. Beijou-me suavemente, quase como a respiração de um transeunte na rua de uma cidade, depois passou o dedo pela minha face.
- Não podes estar apaixonado por mim Landon - disse ela de olhos vermelhos e inchados. - Podemos ser amigos, podemos encontrar-nos...Mas não podes amar-me.
- Por que não? - gritei roucamente, não percebendo nada daquilo.
Porque - disse ela, por fim, baixinho - estou muito doente, Landon.
A ideia era-me tão absolutamente estranha que não conseguia compreender o que ela estava a tentar dizer.
- E depois? Daqui a alguns dias...
Um sorriso triste atravessou-lhe o rosto e soube imediatamente o que ela estava a tentar dizer-me. Os seus olhos nunca deixaram os meus quando, finalmente, disse as palavras que me entorpeceram a alma.
- Estou a morrer, Landon"
Leiam o livro...talvez aí percebam a força deste "Momento Inesquecível"...para mim foi sem dúvida um "momento inesquecível" ler este livro..."Um livro. À primeira vista pode não parecer nada de especial e de original. E realmente não é original, mas o especial deste livro supera a falta de originalidade."

4 comentários:

Filipe_des disse...

fdx... fantástico mm

parece os filhos da droga...

fantástico... mas como nós todos num vamos comprar o livro

tu podes ir postando aqui o livro todo!

lol

um grande abraço gil

Fátima disse...

Belo livro, sim senhor! Também já o li e gostei muito! Foi o meu primeiro livro lido a 2 (que bonito, ãh?)!
Mas também gostei da sugestão do Filipe, para quem não o vai ler, porque não é dado a essas coisas, vai postando aqui excertos! Assim a malta vê que é bem fixe!:-p
Beijocas

Diana. disse...

Belo livro x)
Belas palavras cof cof :p

****

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,