sexta-feira, março 10, 2006

Adeus...

18:30...entro nos corredores do Hospital de S. João. Ambiente doentio, escuro, com uma frieza tanatológica que contrastava com a luz de uma esperança incessante de quem tenta vencer com a vida. Subo ao piso 5, ala da Cirurgia e numa pequena sala, de luz apagada, prostrava-se um homem a dormir, a repousar de uma luta diária contra o Cancro. Respirava fundo, como se cada expiração fosse um pequeno sopro que aos poucos se vai tornando mais frágil, mais ténue, como que numa despedia gradual, lenta. Até que os seus olhos se abriram, iluminando todo aquele espaço, escapando também um sorriso de uma profunda gratidão pela nossa presença, pela nossa companhia naquele momento. Uma voz cansada saía daquele corpo magro, desgastado pela quimioterapia, onde a barriga volumosa reflectia os estragos, os efeitos de tão insuportável tratamento. Mas era uma voz cheia de esperança, uma voz firme que pela luta do momento se tornava poética: "Os 2 meses que o médico me deu estão a chegar ao fim, mas eu não acredito e vou continuar a lutar cada dia que passa". Parecem palavras banais, mas são a única vitória possível numa luta tão desigual, tão injusta. E os seus olhos raiados, cansados, negros, reflectiam tanta tranquilidade, tanta calma, como se a mão de Deus lhe estivesse estendida e ele a tocar-lhe com a ponta do dedo, apenas para sentir a Sua presença, para não se sentir "só" nesta batalha que se aproxima inexoravelmente do seu fim. E depois de uma longa conversa, despediu-se: "Nunca se esqueçam de que gosto imenso de vocês e só queria ter estado mais presente na vossa vida...". Beijei-o, libertei-lhe um último sorriso, um último olhar e apesar do "até á próxima", sinto que foi a última vez que o vi...
Adeus...até já...

3 comentários:

Filipe_des disse...

isso é daquelas coisas que os médicos tê que aprender a superar...

são frios e incensíveis...

não são super heróis... são pessoas como nós todos...

aprender a lidar com a morte e a vida todos o dias..

que coisa ruim... matam-se a estudar para trabalhar num ambiente daqueles... é de doido não é?

um grande abraço gil

felizmente não estamos doentes... para podemos viver os dias com o mm pensamento que ele...

Diana disse...

:'X

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,